Liberalismo autoritário: Carl Schmitt e Hermann Heller encontram Wendy Brown

Autores

DOI:

https://doi.org/10.53798/suprema.2021.v1.n1.a28

Palavras-chave:

República de Weimar, neoliberalismo, autoritarismo, liberalismo

Resumo

 O artigo se propõe a investigar o fenômeno do “liberalismo autoritário” a partir do debate travado entre os juristas alemães Carl Schmitt e Hermann Heller, no contexto da República de Weimar, e da análise a respeito do neoliberalismo elaborada pela filósofa e cientista política contemporânea Wendy Brown, no livro Nas Ruínas do Neoliberalismo (2019). O objetivo é identificar em que medida os argumentos levantados pela autora se aproximam da discussão entre os juristas e se a experiência alemã é capaz de oferecer algumas interlocuções com o atual modelo neoliberal. O artigo foi desenvolvido a partir de pesquisa bibliográfica, abordada a partir do método dedutivo e de análise crítico-interpretativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

30/06/2021