STF recebe artigos para segunda edição da Suprema – Revista de Estudos Constitucionais

12/08/2021

O Supremo Tribunal Federal (STF) está recebendo artigos para a segunda edição da Suprema – Revista de Estudos Constitucionais, periódico acadêmico recém-lançado pela Corte. Para o próximo número da publicação, além dos artigos de fluxo contínuo, também serão recebidos estudos relacionados à temática do dossiê “A atuação das instituições no enfrentamento à pandemia da Covid-19”. Os interessados terão até as 23h59 do dia 23 de agosto (horário de Brasília) para enviar artigo.

A segunda edição tem como objetivo promover reflexões sobre o papel desempenhado pelas instituições durante o período de crise sanitária e sobre as estratégias de governança adotadas para a manutenção do desempenho de suas funções. Diversas foram as necessidades de reconfiguração do funcionamento das instituições, em relação à gestão de seus funcionários, à adaptação de suas estruturas e à própria prestação de seus serviços e de suas funções no contexto pandêmico.

Nesse cenário, o dossiê a ser lançado pretende reunir artigos inéditos e traduções de textos já publicados que analisem e discutam a atuação das instituições nesse período vivenciado pelo Brasil e por outros países.

Plataforma

A submissão do texto deverá ser feita pela plataforma OJS da Suprema. Os estudos devem ser originais, inéditos e não podem estar em processo de avaliação em outros periódicos e espaços editoriais. 

Os artigos poderão ter até três coautores, exigindo-se, primordialmente, a titulação de doutor. Serão aceitos trabalhos em português, inglês, espanhol, francês e italiano. 

Outras diretrizes sobre apresentação do texto e preenchimento dos metadados devem ser preenchidos de acordo com as diretrizes constantes do edital, sob pena de rejeição liminar da submissão.

Avaliação

A revista adere ao método de avaliação duplo-cego por pares (double blind peer review), técnica que garante o anonimato entre as pessoas que revisam o artigo e o seu respectivo autor ou autora e permite uma avaliação imparcial. Para tanto, é imprescindível que qualquer tipo de identificação da autoria seja suprimido do documento.

O artigo é inicialmente analisado pela equipe editorial da Suprema, para verificação de sua adequação à linha editorial da revista e aos requisitos formais de submissão. Nessa etapa e na seguinte, os artigos são avaliados por dois pareceristas no sistema duplo-cego.

Para informações ou dúvidas que não sejam sanadas na visitação da página da revista, a revista disponibiliza o e-mail revistasuprema@stf.jus.br.

Leia a íntegra do segundo edital.